quarta-feira, 29 de junho de 2016

Crise: Redecop não voa mais para a Rede Bahia

Uma decisão que surpreendeu até os editores da TV Bahia foi tomada pelos proprietários do helicóptero que durante os últimos dois anos, prestou serviços à TV Bahia: o Redecop não mais faz parte do dia a dia do jornalismo da emissora. Nem os longos engarrafamentos na estrada na volta do feriadão de São João foram mostrados com imagens aéreas, pois o fim das atividades foi antecipado.

A decisão foi tomada por Genival Santana, sócio-proprietário da Time News, empresa que mantinha contrato com a TV, afiliada da Rede Globo, até o fim deste ano, mas que, segundo, ele, foi surpreendida com o anúncio do rompimento do contrato, conforme antecipou o #AgoraNaBahia, em reportagem publicada no dia 9 de junho.

Na época, o #AnB deu os detalhes do rompimento do contrato por decisão da emissora de televisão, alegando problemas financeiros. Todas as informações publicadas foram confirmados pelo diretor da Rede Bahia, João Gomes, em entrevista ao #AnB.

Nesta segunda-feira, em contato com o #AnB, Genival Santana informou que deu prazo à TV para que fossem usadas todas as 100 horas contratadas para o mês de junho, até o dia 25. Mas a emissora só usou os serviços até a sexta-feira. No domingo à tarde, um produtor da emissora chegou a ligar para pedir os serviços do Redecop nesta segunda-feira (27), mas foi informado que não mais haveria voo.
AnB
Postar um comentário